Jojo Moyes – Romances com final feliz?

postado em: Quem escreve | 0
Compartilhar:
RSS
Follow by Email
Facebook
Facebook
Google+
https://www.kbook.com.br/quem-escreve/jojo-moyes-romances-com-final-feliz
Twitter
SHARE

A maioria dos romances seguem a linha Hollywoodiana dos finais felizes ou justos. É assim também nas novelas, um mocinho não pode morrer, tem de se casar com a mocinha e viverem felizes para sempre. O que não acontece no Romance “Como eu era antes de você” de Jojo Moyes

Apesar de seguir a fórmula clássica dos romances, Jojo Moyes pegou a receita da história e temperou com pitadas de realidade. Em “Como eu era antes de você” (todos já assistiram ao filme, portanto não é spoiler) o ator principal morre no final.

A história fala de um playboy Will Traynor, que sofre um acidente de moto e fica tetraplégico. Louisa Clark, a heroína, aceita trabalhar como cuidadora de Will.

Como se trata de um romance, eles se apaixonam. Mas aí vem o diferencial, Will antes do acidente era um homem de ação, praticava muitos esportes, e era bom em todos. Sua nova condição é insustentável e ele decide então dar um prazo para sua vida. Um prazo que se cumpre no final apesar de sua paixão.

Somos donos da nossa vida ou não?

O suicídio é tabu em nossa sociedade, muitas religiões condenam esta prática. Entre os judeus, um suicida sequer pode ser enterrado entre os seus. Para os católicos é a passagem direta para o inferno.

No caso do romance “Como eu era antes de você”, ele vai para uma clínica na Suíça para terminar com o seu tormento.

Este tema já foi abordado por outros escritores como Albert Camus, Schopenhauer, Nietzsche, Shakespeare e outros. Todos textos fantásticos e profundos. Quem não se lembra de Romeu e Julieta, neste caso os dois morrem!

Acredito que qualquer obra que envolva este tema, vai ser cercada de tabus. Principalmente se for lido por jovens. Pais desesperados podem achar que esta leitura será um incentivo a esta prática. O medo é justificado, eles (nós) somos pais, e portanto, preocupados por natureza. Mas este tema também faz parte da literatura. A morte está entre as linhas de centenas de milhares de obras.

E no romance de Jojo, a morte rivaliza com o amor. Este último perde. E ao contrário de Romeu e Julieta, a mocinha segue sua vida. Os pais podem ficar mais tranquilos?

Jojo Moyes

Pauline Sara Jo Moyes, ou Jojo Moyses, nasceu em Londres, Inglaterra, no dia 4 de agosto de 1969. Estudou na Royal Holloway e Bedford New College, da Universidade de Londres. Em 1992, recebeu, do Jornal The Independent, uma bolsa de estudos para fazer pós-graduação em jornalismo, na City University.

Ela trabalhou como jornalista durante 10 anos, um ano em South China Morning Post, em Hong Kong, e nove anos no The Independent.

Em 2002 publicou seu primeiro livro “Sheltering Rain”. De lá para cá já publicou diversos livros, abaixo a sua bibliografia (até agora):

 

  • Em Busca de Abrigo – no original Sheltering Rain (2002)
  • A Casa das Marés – no original Foreign Fruit (2003) (published in the US as Windfallen)
  • The Peacock Emporium (2004)
  • O Navio das Noivas – no original The Ship of Brides (2005)
  • Baía da Esperança – (Primeira tradução: A baía do desejo) – no original Silver Bay (2007)
  • O Som do Amor – no original Night Music (2008)
  • Nada Mais a Perder – no original The Horse Dancer (2009)
  • A Última Carta de Amor – no original The Last Letter From Your Lover (2010)
  • Como Eu Era Antes de Você – no original Me Before You (2012)
  • Paris Para Um e outros contos – no original Honeymoon In Paris (2012)
  • A Garota que Você Deixou Para Trás – no original The Girl You Left Behind (2012)
  • Um Mais Um- no original The One Plus One(2014)
  • Depois de você – no original After You (2015)
  • Ainda Sou Eu – no original Still Me (2018)

Abaixo três livros da autora.

É para se ter na estante!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *