Compartilhar:
RSS
Follow by Email
Facebook
Facebook
Google+
http://www.kbook.com.br/portfolio/monologo
Twitter
SHARE

– Pai?

 

– Agora não, tenho muito o que fazer!

 

– Estou com fome.

 

– Você não deveria estar aqui, por favor saia agora!

 

– O que você está fazendo?

 

– Já disse tenho muito o que fazer, eu não preciso de você aqui!

 

– Pai, a minha barriga ainda dói.

 

– Filho, eu não posso fazer nada, o que você quer que eu faça?

 

– Brinca comigo, faz tempo que você não brinca comigo.

 

– Já disse, não tem nada que eu possa fazer, por favor não fale mais nada!

 

A criança se afasta, encosta num canto, olha para o chão, fica imóvel.

 

As horas passam e ela não se mexe, fica lá, ela e o chão.

 

– Pai, brinca comigo?

 

– Filho eu não posso! Já te disse, você precisa entender!

 

A criança continua lá, e o chão também.

 

De repente uma lágrima corre um rosto, uma mão toca um ombro, uma cabeça se levanta e cruza um olhar.

 

– Filho, o que estou fazendo é importante, você precisa entender.

 

– Pai, brinca comigo?

 

O pai cruza a sala abre a porta da rua, olha para o seu filho, nada precisa ser dito, a criança se levanta e sai caminhando na noite.

 

– Não tem mais brincadeiras?

 

– Não

 

O som é seco e frio, ele não pisca e o filho sai. Roberto volta para a mesa do escritório e começa a trabalhar.

 

Algumas horas depois sua esposa aparece na sala.

 

– Roberto, você ainda trabalhando?

 

– Sim.

 

– É sempre assim, dia após dia, até quando vai durar? O passado não volta, ele morre quando passamos por ele.

 

– Não morre, não pode morrer, morrer é esquecer, não podemos, não devemos.

 

Roberto se levanta, olha para a janela e vê seu filho, sentado na noite. Ele, o chão e a chuva que começa a cair.

5 Responses

    • Strassacappa

      O Autor é Milton Strassa, vulgo eu. Referências? Bom, você acabou de apontar um ponto do meu site que precisa de atenção. Boto meus textos no ar mas não falo quem eu sou. Vou providenciar isto. Se gostou, obrigado!

      • Vitorrr

        Boa noite senhor estou precisando da sua biografia,pois escolhi este monologo para trabalha em sala e o professor pediu a biografia do autor do monologo,desde ja agradeço a sua compreensão.

      • Strassacappa

        Oi Vitor, posso mandar sim. Mando para o e-mail que está registrado aqui? E por curiosidade, que tipo de trabalho vocês estão desenvolvendo?

  1. Vitorrr

    Ola Strassacappa,estou desenvolvendo um projeto chamado “curta conto aonde pega um conto e tem varios processos 1-cartaz,2-Apresentação em slide(biografia do autor),3-Vídeo de apresentação.Se quiser contribuir para o meu projeto por favor mande para o email:cachorro.solitariosorridente@gmail.com.

Deixe uma resposta